Quem Somos

logotipo gota

Assembleia Geral

A Assembleia Geral assegura a governação global da associação, sendo constituída por todos os membros efetivos no pleno gozo dos seus direitos associativos.

Atual constituição

Carlos de Brito Pina

Presidente
Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC)

José Saldanha Matos
Parceria Portuguesa para a Água (PPA)

João Feliciano
Associação das Empresas Portuguesas para o Setor do Ambiente (AEPSA)

João Simão Pires
Secretário
Parceria Portuguesa para a Água (PPA)

João Moura
Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais (FEFAL)

José Furtado
Águas de Portugal (AdP)

Carlos de Brito Pina
Presidente
Laboratório nacional de Engenharia Civil (LNEC)

João Simão Pires
Secretário
Parceria Portuguesa para a Água (PPA)

José Saldanha Matos
Parceria Portuguesa para a Água (PPA)

João Moura
Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais (FEFAL)

João Feliciano
Associação das Empresas Portuguesas para o Setor do Ambiente (AEPSA)

José Furtado
Águas de Portugal (AdP)

Carlos de Brito Pina
Presidente
Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC)

João Simão Pires
Secretário
Parceria Portuguesa para a Água (PPA)

José Saldanha Matos
Parceria Portuguesa para a Água (PPA)

João Moura
Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais (FEFAL)

João Feliciano
Associação das Empresas Portuguesas para o Setor do Ambiente (AEPSA)

José Furtado
Águas de Portugal (AdP)

Competências

  • eleger os membros da respetiva Mesa
  • eleger os titulares dos órgãos sociais, salvo os membros do Conselho de Administração designados pelos membros efetivos
  • deliberar a destituição dos titulares dos órgãos sociais, em caso de grave incumprimento dos respetivos deveres
  • aprovar o plano estratégico e o plano de atividades e orçamento
  • adotar outras decisões estratégicas e relevantes para a atividade
  • aprovar o relatório de atividades e contas, bem como o parecer do Conselho Fiscal
  • deliberar sobre a adesão e a exclusão de membros efetivos
  • rever e aprovar alterações ao estatuto, velar pelo seu cumprimento, interpretá-los e resolver casos omissos
  • deliberar sobre a dissolução da associação; deliberar sobre a eventual mudança da sede
  • pronunciar-se sobre todos os assuntos que lhe sejam submetidos pelo Conselho de Administração
  • praticar os demais atos previstos na lei
  • praticar todos os atos que, por força de lei ou do presente estatuto, não caibam a outros órgãos

Um modelo de governança adaptado aos nossos objetivos.