logotipo gota

Notícia

LIS-Water reflete sobre execução PENSAARP 2030

A LIS-Water, que coordenou a proposta técnica do PENSAARP 2030, levou uma reflexão estratégica do plano à 17.ª Expo Conferência da Água, que decorreu dias 21 e 22 de novembro, em Lisboa.

Para além da sua intervenção como Keynote Speaker, do primeiro dia da Expo Conferência da Água, a LIS-Water marcou presença no debate em outros dois painéis.

“Executar o PENSAARP 2030: E agora?” foi o tema da intervenção do Presidente da LIS-Water, tendo afirmado que, depois de uma evolução notável dos serviços de abastecimento de água e de gestão de águas residuais em Portugal nos últimos 30 anos, os últimos anos parecem revelar alguma estagnação ou mesmo retrocesso, com problemas de fundo por resolver. Considera que o poder político parece ter adotado outras prioridades, face a este setor, e não tem assumido de forma visível a liderança do processo de melhoria. As autoridades do setor não viram reforçada a sua capacidade e, pelo contrário, viram mesmo retirados poderes que anteriormente detinham. As entidades gestoras estatais entraram numa fase de estabilização com uma menor intensidade de intervenção proativa. As entidades gestoras municipais desenvolvem-se a duas velocidades, convivendo algumas entidades modernas com muitas de baixo desempenho. As entidades gestoras privadas competem num mercado estagnado e por vezes num ambiente de alguma hostilidade. O setor empresarial parece virar-se crescentemente para os mercados estrangeiros face à estagnação do mercado nacional.

“Executar o PENSAARP 2030: Como evitar um setor a duas velocidades?” foi o mote do segundo painel com intervenção da Lis-Water. A discussão foi promovida em torno de temas fraturantes, como os mecanismos e incentivos que podem ser criados para ajudar a combater a desigualdade territorial e a falta de escala das entidades gestoras, a criação de novas agregações em baixa e os mecanismos propostos no PENSAARP 2030.

As concessões municipais de água e saneamento estiveram em destaque no painel “Concessões: O Espectro da extinção”, onde a LIS-Water contribuiu para a discussão sobre a relevância e as vantagens do contributo do setor privado para o financiamento dos investimentos previstos para esta década.

Partilhar

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter

Acompanhe a nossa atividade.

Mensagem de boas-vindas

A visão da Associação LIS-Water – Lisbon International Centre for Water é contribuir para um mundo melhor através de uma melhor governança da água. Promove assim serviços de abastecimento de água e de gestão de águas residuais e pluviais mais eficazes, eficientes e resilientes, no quadro dos objetivos de desenvolvimento sustentável.

Estes serviços de águas são essenciais para o bem-estar dos cidadãos e para as atividades económicas, com um claro impacto na melhoria da saúde pública, da sustentabilidade ambiental e da mitigação de riscos, nomeadamente decorrentes de alterações climáticas. Geram benefícios em termos de criação de emprego, de crescimento económico, de incremento da estabilidade social e de redução de conflitos, contribuindo para uma sociedade mais desenvolvida, pacífica, equitativa e saudável.

A missão da LIS-Water é assim reforçar as políticas públicas, a regulação e a gestão dos serviços de águas para benefício da sociedade, integrando o melhor conhecimento em gestão, economia, engenharia, direito, ciências sociais, comunicação e noutras áreas relevantes.

Em conjunto com os seus parceiros, a associação pretende disponibilizar e produzir o melhor e mais atualizado conhecimento a nível internacional e transferi-lo continuamente para decisores, profissionais da água, indústria e sociedade.

Daremos assim o nosso contributo para que se atinjam os grandes desígnios da Humanidade relativos a uma melhor governança da água, por um mundo melhor.

O Conselho de Administração

Jaime Melo Batista

Presidente do Conselho de Administração

Eduardo Marques

Vogal do Conselho de Administração

José Matos

Vogal do Conselho de Administração

Cuidamos dos serviços de águas, essenciais ao bem-estar da sociedade.

Os membros da LIS-Water representam os principais agentes do setor da água em Portugal.

Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC)

Instituição pública de investigação e desenvolvimento científico e tecnológico de Portugal, sendo um dos maiores laboratórios de engenharia civil do mundo.

Fundação para os Estudos e Formação nas Autarquias Locais (FEFAL)

Entidade sem fins lucrativos, constituída pela Associação Nacional de Municípios Portugueses, para a realização de ações de informação, formação, investigação, assessoria técnica, cooperação internacional em temáticas relevantes para as Autarquias Locais.

Associação das Empresas Portuguesas para o Sector do Ambiente (AEPSA)

Associação empresarial que representa e defende os interesses coletivos das empresas privadas com intervenção no setor do ambiente, constituindo-se como um interveniente dinamizador do desenvolvimento do mercado do setor do ambiente.

Parceria Portuguesa para a Água (PPA)

Rede de entidades que visa desenvolver sinergias e maximizar potencialidades para o desenvolvimento do sector da água no mundo, promovendo a alianças e parcerias entre as instituições nacionais e nações empenhadas no uso sustentável da água e na valorização dos recursos hídricos.

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar, você concorda com o seu uso. Pode controlar estas configurações aqui.