O que fazemos

logotipo gota

Áreas de intervenção

A LIS-Water promove uma abordagem integrada para a governança da água assente em três pilares:

Política pública

O orientador necessário para melhorar os serviços de águas

3B36B1F2-F80F-41A3-B882-14E273B5CBFC

Regulação

O catalisador necessário para implementar a política pública

7173488A-BEE6-4152-9237-9C9858DC177F

Gestão de serviços

O operacionalizador necessário para concretizar a política pública

O desenvolvimento destes três pilares é essencial para a melhoria dos serviços de águas.

Política pública

É responsabilidade dos governos promover os serviços de águas, por forma a melhorarem a qualidade de vida das populações. É indispensável assegurar que esse desenvolvimento seja sustentável e inclusivo, realizado de forma globalmente consistente, com a devida articulação de todos os aspetos importantes. Isso implica a existência de uma política pública adequada, com uma abordagem global e integrada, com recurso a vasta gama de instrumentos.

Nesse contexto, a LIS-Water dedica-se a entender:

  • quais as componentes relevantes de uma política pública sólida dos serviços de águas;
  • quais os instrumentos e incentivos que devem ser usados;
  • como os diferentes países estão a implementar essas políticas, porque funcionam em alguns países e não funcionam em muitos outros;
  • quais são as melhores práticas e erros a serem evitados;
  • como promover efetivamente a mudança e a inovação.

Regulação

Sendo os serviços de águas prestados tipicamente em regime de monopólio natural, não há incentivo na procura de uma maior eficiência e eficácia pelas entidades gestoras, aumentando os riscos de prevalência destas perante os utilizadores. Por estas razões, a sociedade pode beneficiar da existência de uma intervenção regulatória capaz de introduzir maior equilíbrio na relação entre as entidades gestoras e os seus utilizadores. A regulação deve, assim, ser vista como uma das componentes da política pública, entre outras, mas com um papel crucial, pois promove e controla grande parte das outras componentes.

Nesse contexto, a LIS-Water dedica-se a analisar:

  • o que os países precisam para estruturar ou reformar um regulador;
  • quais são os diferentes modelos regulatórios e os principais instrumentos e processos regulatórios;
  • como os diferentes países estão a implementar;
  • porque em muitos deles não são bem sucedidos;
  • quais são as melhores práticas e erros a evitar;
  • como promover efetivamente a mudança e a inovação.

Gestão de serviços

As entidades gestoras dos serviços de águas são agentes essenciais que materializam no terreno a política pública definida para o País. O desempenho dessas entidades gestoras é, portanto, essencial para a obtenção de serviços com qualidade adequada a preços aceitáveis.

Nesse contexto, a LIS-Water dedica-se a:

  • analisar a organização e os processos de gestão das entidades gestoras;
  • a identificar melhores práticas e erros a evitar;
  • a apoiar a sua melhoria.

A LIS-Water procura assim

apoiar os governos a estruturar e implementar uma política pública abrangente e integrada para os serviços de águas

apoiar os reguladores a melhorar a sua organização e o modelo regulatório dos serviços

apoiar as entidades prestadoras de serviços a melhorar a sua organização e gestão

Uma abordagem integrada para a governança da água.